terça-feira, 26 de abril de 2011

ESTILO: COLETE

Acho que vocês já notaram que temos uma grande queda por moda, principalmente no que diz respeito ao estilo de se vestir. Montar um look legal é muito gostoso, é como se fosse uma brincadeira muito divertida. Uma vez, vi uma entrevista com a Constanza Pascolato na qual ela disse ser uma "vouyeuse" (feminino de vouyer) vocacional, no sentido estrito da palavra, ou seja, ela adora olhar as pessoas, observar do comportamento ao vestuário, tudo e todos... enfim, os diversos estilos que se manifestam na forma de se vestir. Eu me identifiquei muito com ela... sempre gostei muito de observar as pessoas, principalmente aquelas que se expressam diferente das outras no se vestir, criando um estilo próprio. Isso mostra personalidade. Acho que é isso: estilo é ter personalidade!

Desde criança sempre gostei de vestir as bonecas, criar roupinhas, costurava à mão (lógico que não ficava nada bom), mas queria inventar algo diferente. Uma vez ganhei da minha mãe um joguinho que tinham dois bonequinhos de papelão, um do sexo feminino e um do sexo masculino, e vários conjuntinhos de roupinhas e acessórios (também de papelão), para montarmos o look dos bonequinhos. Vcs não têm idéia de como eu amava aquele brinquedo tão simples.


Bom... falo isso pra explicar que moda não é simplesmente seguir tendências, nem o fato de sair comprando roupas e acessórios das coleções atuais dos estilistas para descartar na coleção seguinte e adquirir mais e mais. Moda está ligada à arte, à música, à história, à arquitetura, etc. E, quando temos estilo e criatividade podemos inventar vários looks com o que temos, sem precisar gastar um tostão. Tem gente que compra, compra, compra e tem a sensação de que não tem nada no armário pra compor um look bacana. Isso pq tem peças que são curingas e nos ajudam a compor diversos arranjos diferentes.

O colete por exemplo é uma peça que dá uma mudada legal no visual. O mesmo colete compõe vários looks diferentes de acordo com a composição: dá pra usar com vestido, com bata, com camiseta, com camisa, calça comprida, short, bermuda, etc.
Adoro lançar mão de um colete e não vejo meu armário sem essa peça. Recentemente fui presenteada com um colete de crochê, todo colorido, liiindo, pela minha amiga Víviam, que inclusive foi muito corajosa por se desfazer de uma peça que é uma relíquia e que foi feita pela sua prima. Vi, muito obrigada!!!!
Mas é claro, que nem todo mundo é igual, e tem gente que definitivamente não se adapta com ele. Por isso, que é legal identificarmos o nosso próprio estilo e garantirmos as peças chaves para sua composição.

Busquei umas imagens que identificam os diversos tipos de colete (diferentes padronagens e tecidos) em diferentes estilos de looks para ilustrar um pouquinho do que escrevi pra vcs.

Divirtam-se!!!











Um comentário:

Víviam Borré disse...

Nossa, eu tinha uma caixa de sapatos cheia de bonecas de papel, todas tinham nome! Até que fiquei adolescente e joguei tudo fora. Como me arrependo! Passava horas brincando...